< >
Para a proposta de um centro comunitário, contrastando com as torres do Barragan na Cidade do México, propomos uma abordagem simples, paisagística, que cria diferentes espaços com um simples gesto de dobrar a cobertura e gerar um movimento dinâmico e uma referência urbana figurativa. Criando diversidade de espaços que se abrem à comunidade e aos diversos usos possíveis e não-planejados.