< >
Conjunto de residências em Curitiba, partiu da idéia de aproveitar toda a largura do terreno para a fim de tornar os espaços mais amplos e reduzir a perda de calor das unidades. A orientação do terreno, voltado para o Sul, dificultava a entrada de luz natural, então criou-se uma zenital em todo comprimento da unidade. O espaço criado pelo pé-direito duplo da zenital oferece boa iluminação e um espaço interno articulado de forma interessante, quebrando a monotonia com ângulos. Para que todas as casas pegassem sol, sua forma foi pensada para encaixar-se nas vizinhas, sem deixar nenhuma residência em desvantagem. Por se tratar de um conjunto de habitações unifamiliares, todas semelhantes, o método construtivo escolhido foi o light steel framing. Este sistema providencia uma obra rápida e limpa, e permite um volume, ideal para a forma prismática desenvolvida para a residência. Ao se encaixarem, as casas compõe uma cadência, reforçada pelas cores escolhidas. Sua implantação oferece, nos fundos do terreno, um pátio privativo, enquanto sua fachada com aberturas irregulares permite vistas da praça enquanto mantém a privacidade. Através destes elementos o projeto busca oferecer uma casa agrádavel que, apesar de seriada, seja única, dê identidade ao local, ao morador.